Loading
fechar

Acesse o conteúdo da Revista

Se você não tem cadastro, Cadastre-se agora

Acesse o conteúdo completo Assine a Revista

Impressa ou digital, em até 12x no cartão

Carrinho

Seu carrinho contém

Item Valor

Revista Negócios PE

Edição nº 142

R$ 130,00

Revista Negócios PE

Edição nº 142

R$ 130,00
Subtotal R$ 149,90

Matérias

Encontre a matéria abaixo ou pesquise aqui

ou por Revistas Guias Seções Cadernos Especiais

Matérias » Negócios PE - 50ª Edição

ALEXANDRE FERRER LIDERA UMA GIGANTE

Com os pés nos 82 anos, a serem comemorados neste ano de 2020, a fábrica de cachaça genuinamente vitoriense Pitú já está em sua quarta geração de gestores. A história da indústria
líder em exportação da aguardente começou em 1938, quando Joel Cândido Carneiro, Severino Ferrer de Morais e José Ferrer de Morais deixaram de lado as antigas desavenças familiares para unir as expertises e montar o negócio que até hoje é referência no setor de cachaça.
Foto: Carius Pontes

Com os pés nos 82 anos, a serem comemorados neste ano de 2020, a fábrica de cachaça genuinamente vitoriense Pitú já está em sua quarta geração de gestores. A história da indústria líder em exportação da aguardente começou em 1938, quando Joel Cândido Carneiro, Severino Ferrer de Morais e José Ferrer de Morais deixaram de lado as antigas
desavenças familiares para unir as expertises e montar o negócio que até hoje é referência no setor de cachaça. Os valores éticos e morais adquiridos lá atrás continuam permeando o DNA da família, que expande cada vez mais o comércio da Pitú em todos os continentes do mundo.


Com o falecimento de Elmo Cândido Carneiro, em dezembro de 2016, o diretor comercial e de marketing da indústria, Alexandre Ferrer de Morais, neto de Severino, um dos fundadores, assumiu a presidência da fábrica, permanecendo à frente das áreas de mídias e comunicação para as quais tem talento nato. Os esforços de Alexandre Ferrer e seu avô nas estratégias de marketing fizeram a Pitú ser reconhecida como a marca de cachaça mais lembrada e consumida em todos
os estados do Nordeste, ocupando o segundo lugar no ranking do País e o primeiro do mundo.


Hoje, a Pitú engarrafa e comercializa, em média, 98 milhões de litros por ano, dos quais 2% representam as vendas no exterior. O planejamento eficiente na sucessão familiar do negócio, os investimentos contínuos em inovação tecnológica, programas de sustentabilidade e ações de marketing garantem a qualidade do produto e refletem no posicionamento da marca diante do segmento.


Por ser uma cachaça para todos os gostos, a Pitú se mantém entre as 20 marcas de bebidas destiladas mais produzidas no mundo. Na Europa, ela comanda o mercado e tem a Alemanha como o país líder em consumo. Outros países do Velho Continente, também importantes para a marca, são Áustria, Suíça, Portugal, Espanha, Itália, Reino Unido, Irlanda e França. Nos demais continentes a Pitú também está presente e se mostra líder em alguns países, como nos Estados Unidos. A bebida marca presença importante na Argentina, Austrália, Canadá, Chile, Índia, México, Angola, Tailândia, África do Sul e
Emirados Árabes.

Negócios PE - 50ª Edição
Revista Negócios PE

Negócios PE - 50ª Edição

Matérias desta edição

Negócios PE - 50ª Edição
Negócios PE

Negócios PE - 50ª Edição

Apenas R$ 29,90
Publicidade | Publicidade 03 - Banner Matrias
PUBLICIDADE